Sala de Imprensa / Notícias

14 de Novembro de 2017

Parque Tecnológico inaugura Centro Empresarial 4

Novo espaço ocupa área de 9.800 m², abrigará até 30 empresas e pode gerar cerca de 500 empregos

Novo espaço ocupa área de 9.800 m², abrigará  até 30 empresas e pode gerar cerca de 500 empregos

 O Parque Tecnológico São José dos Campos (PqTec) inaugurou na manhã desta terça-feira (14) seu Centro Empresarial 4. O novo espaço ocupa uma área de 9.800 metros quadrados, tem capacidade para abrigar até 30 empresas e potencial para gerar cerca de 500 empregos.

Avibras, Siatt, Atech e DPS são as primeiras empresas a ocupar o novo Centro Empresarial, ao lado do Cemaden (Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais) e da Univesp (Universidade Virtual do Estado de São Paulo).

Instituições e empresas interessadas em se instalar no novo espaço devem atender ao edital publicado pelo Parque Tecnológico.

“Este Centro Empresarial constitui mais um passo na caminhada da consolidação e crescimento do Parque Tecnológico São José dos Campos visando o cumprimento de seu desígnio maior de contribuir para o desenvolvimento tecnológico, para o empreendedorismo inovador e para a competitividade de nossas empresas”, disse o diretor geral do PqTec, Marco Antonio Raupp, durante o seu discurso na solenidade.

Ele ressaltou ainda que o Parque Tecnológico cumpre com êxito o seu papel de instrumento de política pública.

“Não posso deixar de destacar: política pública não exclusivamente da prefeitura, ou do governo estadual ou federal, mas sim política que alinha os três níveis de governo e também a comunidade empresarial. Assim, se torna a expressão mais ampla e melhor acabada de uma política de Estado”, afirmou Raupp.

Ele lembrou que a constituição do novo Centro Empresarial se insere na trajetória do PqTec e mantém o espírito que lhe foi atribuído em 2006, quando o prefeito Eduardo Cury adquiriu para o município o complexo da antiga fábrica da Solectron visando a instalação de um parque tecnológico.

“A ousadia da iniciativa; o capital tecnológico existente em São José dos Campos; o acerto do modelo de gestão baseado em uma Organização Social; e o próprio formato do Parque, entre outras virtudes, fizeram com que fôssemos reconhecidos e apoiados também pelos poderes públicos estadual, federal e pela comunidade empresarial”, afirmou Raupp.

Desde 2006, o Parque Tecnológico recebeu R$ 166 milhões da Prefeitura de São José dos Campos; R$ 95 milhões do governo do Estado e cerca de R$ 190 milhões do governo federal.

“E como uma política de Estado, para ser completa, deve ter também a participação da sociedade, o Parque fecha o ciclo com os investimentos privados – que já ultrapassam 1,6 bilhão de reais”, completa Raupp.

Para o diretor, esses investimentos são importantes pois os parques tecnológicos atuam para os países alterarem seu modelo de desenvolvimento, de "Made in" para "Created in".

“Somente por meio da geração própria, da posse e da aplicação do conhecimento científico e tecnológico, um país se torna protagonista da economia mundial”.

Com a inauguração do Centro Empresarial 4, a área construída total do núcleo do Parque chega a 55 mil metros quadrados. “Daqui para frente, poderemos concentrar os esforços na ocupação de todos os espaços disponíveis para empresas e instituições, na evolução da nossa governança e no incremento das atividades-fim do Parque”, disse Raupp.

Participaram da cerimônia de inauguração o prefeito de São José, Felicio Ramuth; o secretário Executivo Adjunto do Ministério da Ciência e Tecnologia, Alfonso Orlandi Neto; o superintendente da Finep em São Paulo, Oswaldo Massambani; e a coordenadora de Ensino Superior da Secretaria de Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação, Elizabeth Correia.

“Estamos determinados a avançar este processo [de investimentos no ecossistema do Parque Tecnológico). Estamos trabalhando com as empresas para viabilizar recursos e empenhados em lançar novos produtos para o desenvolvimento dessa relação,

sobretudo de startups e da relação com as ICTs”, disse Massambani, superintendente da Finep.

O prefeito Felicio Ramuth destacou a importância do Parque Tecnológico para o município de São José dos Campos, parabenizou empresas e instituições envolvidas em programas de fomento à tecnologia e inovação na cidade e lembrou dos visionários que decidiram instalar o CTA (Centro Técnico de Aeronáutica) em São José dos Campos na década de 1950. “O CTA foi responsável pelo o que veio depois, como o ITA e a Embraer. O que estamos fazendo hoje no Parque refletirá no futuro de São José da mesma forma”, disse.

O prefeito ressaltou ainda que os quatro eixos que dão base à sua administração estão alinhados aos conceitos que norteiam também os parques tecnológicos: inovação, compartilhamento de recursos, simplificar a gestão e transparência.

Cadastre-se
Preencha os campos abaixo e receba nossas novidades em seu e-mail:

Voltar

  • Contato
  • Localização
  • Mapa do Site
Endereço: Avenida Doutor Altino Bondensan, 500 - Distrito de Eugênio de Melo | Cep: 12247-016 | São José dos Campos - SP - Brasil | Tel.: +55 (12) 3878-9500
© 2017 Parque Tecnológico São José dos Campos - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®